Media

‹ VOLTAR

PROJETO INTERPRETER TERMINA PRIMEIRA FASE DE DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS MODULARES PARA PLANEAMENTO DE REDES

 

O projeto INTERPRETER é fundado pelo programa H2020 da Comissão Europeia, e reúne nove (9) parceiros, incluindo ORTs e ORDs, empresas do sector elétrico e centros de investigação e desenvolvimento, com investigadores unindo esforços para o desenvolvimento de uma solução ambiciosa.

A primeira fase de desenvolvimento das cinco (5) ferramentas modulares de planeamento de redes de distribuição está agora completa. A primeira ronda de deliverables contendo a descrição das especificações de cada uma das ferramentas, também como o pseudo-código das respetivas aplicações foi recentemente submetida à Comissão Europeia (https://www.interpreter-h2020.eu/results/). As ferramentas têm por objetivo fornecer funcionalidades de design ótimo e planeamento de sistemas elétricos de energia, com foco nas redes de distribuição, e incluem as seguintes áreas de estudo:

  • Compensação óptima de potência reativa, liderado pela CIRCE
  • Equilíbrio de fase planeado, também liderado pela CIRCE
  • Alocação das capacidades nodais, tarefa liderada pelo R&D Nester
  • Otimização da localização e dimensionamento de unidades dispersas de armazenamento, também liderada pelo R&D Nester
  • Avaliação económica e ambiental, trabalho liderado pela CERTH



A participação do R&D Nester foca-se em duas aplicações para planeamento de redes:

  • Alocação das capacidades nodais, que quantifica a margem nodal para o aumento da produção renovável em toda a rede, devolve uma lista de possíveis ramos que condicionem esta mesma margem e que possam ser alvo de reforço técnico, e realiza ainda uma análise probabilística à margem existente para aumento de produção renovável, também para todos os nós da rede em simultâneo;
  • e a Otimização da localização e dimensionamento de unidades dispersas de armazenamento, que devolve uma solução multi-temporal com considerações técnico-económicas para a resolução de congestionamentos nos ramos da rede, com recurso à instalação de novas unidades de armazenamento.

Estas ferramentas pretendem suportar os ORT e ORD na transição da gestão de rede tradicional para uma gestão mais ativa, dotando-os de uma plataforma inovadora que reúne de forma modular, centralizada, e open-source funcionalidades essenciais para o planeamento de redes, capazes de fazer frente aos desafios impostos pela rápida implantação de novas fontes de energia distribuída e pela crescente preocupação com o meio ambiente.


site do Projeto INTERPRETER

Projeto INTERPRETER (site do R&D Nester)

Ver todas as newsletters